Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar o nosso site, está a concordar com a utilização de cookies. Obter mais informações.

Excursões para Stonehenge saindo de Londres

A magia de Stonehenge só pode ser compreendida visitando o círculo mais misterioso do mundo. Veja aqui como chegar a Stonehenge a partir de Londres.

Isabel Catalán

Isabel Catalán

leitura de 7 minutos

Excursões para Stonehenge saindo de Londres

Stonehenge | ©Sung Shin

Uma viagem a Stonehenge, a cerca de 130 quilómetros a oeste de Londres, é uma das experiências mais espantosas que se deve ter numa viagem a Inglaterra. Pouco se sabe sobre as suas origens, apenas que remonta ao final do período neolítico, mas o monumento pré-histórico mais famoso da Europa está envolto numa aura mágica que exerce um fascínio sobre todos os que têm a oportunidade de o ver.

Embora possa apanhar o comboio ou o autocarro para visitar Stonehenge por conta própria, tendo em conta a distância a que fica de Londres e a dificuldade de lá chegar por transportes públicos, o meu conselho é que faça uma excursão organizada a Stonehenge num autocarro confortável, que lhe facilitará a vida e onde terá a assistência de um guia para melhor compreender o significado deste enigmático monumento megalítico. Eis as melhores opções:

A melhor opção

Passeio Diurnoem Stonehenge saindo de Londres

A melhor excursão organizada a Stonehenge

Perfeito se quiser aproveitar ao máximo a sua visita a um dos marcos mais famosos de Inglaterra e aproveitar o seu tempo da forma mais confortável possível. Inclui um audioguia e tempo para explorar o local à vontade.

Recomendo a 100% que, durante a sua viagem à capital britânica, reserve um tempo para fazer esta excursão de dia inteiro a Stonehenge e ver pessoalmente o megalito mais famoso do mundo. É um lugar incrível que o vai impressionar! Para aproveitar ao máximo o dia, a excursão começa cedo, às 7h. Pode apanhar o autocarro em dois pontos diferentes da cidade (London Bridge Street e Harrington Gardens) para Stonehenge.

À sua frente, uma viagem de duas horas até Salisbury Plain, um deserto desabitado e solitário sem árvores onde se encontra este monumento antigo, com milhares de anos.

O melhor desta excursão a Stonehenge é que oferece a conveniência de uma excursão organizada com a independência de um guia áudio, para que possa explorar o famoso megálito, o museu e a reconstrução de uma povoação neolítica ao seu próprio ritmo e lazer.

Uma vez lá, terá 3 horas para desfrutar deste lugar mágico ao qual, desde tempos imemoriais, o homem atribuiu um significado especial de ligação entre o terreno e o sobrenatural, que hoje muitos investigadores continuam a estudar para desvendar o seu simbolismo enigmático.

No final da excursão, embarcará no autocarro de regresso a Londres, onde poderá sentar-se e recordar o que aprendeu e experienciou em Stonehenge durante esta emocionante viagem.

Por que razão gosto desta excursão: Esta excursão oferece as vantagens de participar numa excursão organizada (não precisa de se preocupar com horários ou transportes) e as vantagens de visitar o local ao seu próprio ritmo. Poderá seguir os comentários do audioguia para compreender tudo o que vê, sem ter de seguir os passos e os horários de um grupo, pois terá até 3 horas para percorrer o local ao seu próprio ritmo.

Recomendado se... quiser desfrutar ao máximo deste mistério da humanidade, mas não quiser investir muito tempo ou dinheiro durante a sua viagem a Londres.

Quando visitar Stonehenge?

Vista de Stonehenge| ©Ankit Sood
Vista de Stonehenge| ©Ankit Sood

Declarado Património Mundial pela UNESCO, este monumento merece ser visitado em qualquer altura do ano, mas há momentos particularmente especiais como os solstícios de verão e de inverno (quando o sol atinge o seu ponto mais alto no céu e atravessa o eixo do monumento com precisão e desliza entre as suas rochas).

Durante o solstício de verão, grupos de druidas acompanhados por uma grande variedade de pessoas deslocam-se a Stonehenge para realizar rituais com um fundo mágico que celebram a união entre o Sol e a Terra- um acontecimento muito curioso!

Reservar uma viagem a Stonehenge

Quando reservar os seus bilhetes para Stonehenge?

Stonehenge está cheio de gente| ©Dyana Wing So
Stonehenge está cheio de gente| ©Dyana Wing So

Como se trata de uma atração turística muito popular, aconselho-o a reservar os seus bilhetes online com a maior antecedência possível para garantir o seu lugar na excursão na data da sua escolha.

Quanto tempo demora a chegar a Stonehenge a partir de Londres?

Estrada de Stonehenge| ©Raoul du Plessis
Estrada de Stonehenge| ©Raoul du Plessis

Este monumento pré-histórico está localizado a quase duas horas da capital britânica.

O que vestir para ver Stonehenge?

Stonehenge| ©Cajeo Zhang
Stonehenge| ©Cajeo Zhang

Este monumento megalítico está situado ao ar livre, no meio de uma paisagem que não está protegida do vento ou da chuva. Antes de partir para a sua excursão, aconselho-o a consultar a previsão meteorológica para a zona, para tentar escolher um dia com tempo estável.

Para isso, aconselho-o a levar roupa quente, pois, exceto nos dias mais quentes de verão, a brisa fresca (ou mesmo gelada!) está quase sempre a soprar. Não se esqueça de levar na sua mochila um casaco para o caso de haver risco de chuva no dia da sua visita. É essencial adaptar o vestuário às condições climatéricas do dia da excursão.

Por outro lado, como em qualquer excursão, o melhor a fazer para ver Stonehenge é usar sapatos confortáveis, uma vez que irá caminhar durante várias horas.

Stonehenge é um monumento a visitar com crianças?

Stonehenge com crianças| ©Tatyana Tomsickova
Stonehenge com crianças| ©Tatyana Tomsickova

Sem dúvida. Os mais pequenos podem correr à volta do prado e maravilhar-se com o tamanho das rochas, enquanto os mais velhos terão a oportunidade de se aproximar da história através de uma divertida caminhada.

Mas o que é Stonehenge? o que é realmente Stonehenge?

Stonehenge| ©K Mitch Hodge
Stonehenge| ©K Mitch Hodge

Provavelmente, já o viu em livros e documentários em inúmeras ocasiões, pois é o monumento pré-histórico mais famoso da Europa e um dos ícones da Grã-Bretanha.

Rodeado por um fosso, Stonehenge é uma construção megalítica em forma de dois anéis concêntricos constituídos por grandes blocos de pedra verticais que formam uma visão única reconhecível a quilómetros de distância.

Pouco se sabe sobre este lugar, que é um enigma para antropólogos e historiadores de todo o mundo. Apenas se sabe que foi construído entre 3000 e 1500 a.C. (final do Neolítico e início da Idade do Bronze) e que fazia parte de uma estrutura maior que incluía avenidas cerimoniais e círculos de pedra.

Tudo o resto são hipóteses, desde quem o construiu até ao seu objetivo. Algumas teorias sugerem que pode ter sido um observatório astronómico para prever as estações do ano, uma vez que no solstício de verão o sol nascia através do eixo do megálito.

Outros argumentam que Stonehenge era um templo religioso ou um monumento funerário utilizado como necrópole para notáveis da época, uma vez que foram encontrados centenas de enterramentos nas proximidades.

Enquanto a investigação continua a tentar lançar mais luz sobre este misterioso monumento megalítico, Stonehenge tornou-se agora um local importante onde os druidas modernos realizam rituais místicos na noite de verão.

O que é que vai ver em Stonehenge?

Stonehenge| ©Alec Foege
Stonehenge| ©Alec Foege

A minha experiência ao visitar Stonehenge

Depois de duas horas de viagem pela Inglaterra, o autocarro deixou-nos perto do centro de visitantes de Stonehenge e, antes de lá chegarmos, tivemos de passar por um controlo de segurança semelhante ao de um aeroporto, onde os nossos pertences foram verificados.

Embora dentro do local de Stonehenge haja também um museu e uma reprodução de uma povoação pré-histórica, sabíamos que a primeira coisa que queríamos ver era este lendário monumento megalítico. Dirigimo-nos então para a zona onde se apanha o minibus gratuito para lá chegar o mais depressa possível, pois estava bastante cheio e havia algumas filas.

Já o tinha visto muitas vezes em fotografias e imaginado muitas vezes, mas nada se compara a vê-lo pessoalmente. É um misto de entusiasmo e incredulidade. Tinha à minha frente um dos poucos vestígios de tempos pré-históricos que restam no mundo. Como é que puderam construir uma coisa destas com quase nenhuns meios?

A vontade é chegar o mais perto possível para sentir as rochas e tentar desvendar este enigma mais antigo que as pirâmides do Egipto, mas uma vedação de corda limita a distância a manter do monumento e o percurso a seguir.

Tem de se contentar em contemplá-lo à distância, mas a visita permite-lhe passear em torno de Stonehenge para tirar fotografias de todos os ângulos e apreciar a bela paisagem verde que o rodeia.

Ao estar lá, fica-se com uma ideia da razão pela qual este lugar foi tão importante para as primeiras civilizações. Há algo que o torna tão especial que é difícil de pôr em palavras - tem de o ver!

Reserve uma excursão a Stonehenge, Windsor e Bath

À descoberta do Neolítico

Stonehenge parte do Neolítico| ©Hulki Okan Tabak
Stonehenge parte do Neolítico| ©Hulki Okan Tabak

Ao longo do caminho, se prestar atenção, verá sinais que indicam outros locais de interesse, como uma antiga necrópole ou uma avenida de 2300 a.C. que liga o megalito ao rio Avon. Acredita-se que esta estrada se ligava a uma rota cerimonial para celebrar a passagem das estações de acordo com o movimento do sol.

Pode aprender muito mais sobre isto no museu do centro de visitantes. Depois da visita a Stonehenge, regressamos ao ponto de partida para entrar na exposição que aborda a história de Stonehenge e o seu significado, bem como a vida das pessoas que ergueram este monumento há milhares de anos.

Aqui pode ver vários objectos pré-históricos (ferramentas, jóias, cerâmica...) retirados de várias escavações arqueológicas, bem como a reconstrução forense do rosto de um homem que terá estado em Stonehenge há 5500 anos.

Também recomendo que visitem a recriação de uma aldeia neolítica no local, que foi criada a partir de escavações em Durrington que datam desse período.

Embora na visita a Stonehenge tenhamos a assistência de um áudio-guia que explica o que estamos a ver, penso que este museu é o complemento perfeito para compreender melhor esta fase da história tão desconhecida do público em geral, pelo que recomendo que dedique algum tempo à visita.

Pode não ser grande fã de museus, mas o museu de Stonehenge tem uma parte interactiva muito fixe que torna sempre a experiência mais agradável. Especialmente se estiver a viajar com crianças.

Reserve uma excursão a Oxford, Windsor e Stonehenge

Se gostou desta excursão, talvez esteja interessado em

Se já visitou Londres noutras ocasiões e quer descobrir outras jóias de Inglaterra, recomendo-lhe que dê uma vista de olhos ao artigo As melhores excursões a partir de Londres, onde encontrará algumas das propostas mais divertidas e interessantes para fazer durante as suas férias. Será difícil escolher apenas uma!

Se depois da excursão a Stonehenge quiser dedicar-se a explorar Londres para conhecer um pouco mais da sua história, não perca os artigos sobre a Torre de Londres ou a Abadia de Westminster, assim como As melhores excursões e passeios em Londres ou Os melhores autocarros turísticos para conhecer os lugares mais destacados da cidade.

Reservar uma excursão a Stonehenge

Perguntas Frequentes

  • Quanto tempo é necessário para chegar a Stonehenge a partir de Londres?

    Como Stonehenge fica a cerca de 145 km (90 milhas) a oeste de Londres, são necessárias cerca de 2 horas e 20 minutos para lá chegar, seja de carro ou de comboio.

  • Posso viajar de forma independente para Stonehenge?

    Há, no entanto, algumas ressalvas. O comboio de Waterloo para Salisbury, a estação ferroviária mais próxima, a 15 km de distância, é normalmente bastante caro, e terá de apanhar o autocarro para Stonehenge para cobrir a distância entre a estação e o local. Por esta razão, muitos viajantes optam por uma visita guiada, pois é a solução mais fácil para ir diretamente a Stonehenge.

  • Posso tocar nas pedras de Stonehenge?

    Normalmente não, uma vez que as pedras estão protegidas por um cordão de veludo 364 dias por ano. Há, no entanto, uma exceção, durante o Festival do Solstício de verão, em que as pessoas acampam no campo junto a Stonehenge no solstício de verão para ver o nascer do sol no primeiro dia da nova estação.